Diretrizes

A forma de Administrar


Desde a sua fundação, algumas ideias de como administrar a Cooperativa estavam no pensamento de seus principais líderes. Em 2000, a Coopusaúde utilizou uma das principais ferramentas de planejamento empresarial e desenvolveu o seu primeiro Planejamento Estratégico.

Nesse momento, as ideias foram formalizadas e escritas no Planejamento Estratégico como “Os Principais Pontos da Filosofia da CoopuSaúde”. No ano seguinte, foram acrescentadas no Estatuto Social como as atribuições do Conselho Consultivo.

Pontos da Filosofia da Coopusaúde


Negócio

Autogestão em Saúde.


Quem somos

Uma associação de pessoas unidas por um objetivo comum e de forma solidária visar a nossa saúde.


Missão

Proporcionar acesso a um sistema de saúde humanizado e qualificado buscando a perfeita relação entre paciente e prestador de serviço, através da autogestão de recursos, da cooperação e solidariedade de seus Sócios e dependentes, desenvolvendo programas de saúde preventiva e curativa nas regiões de Alto Uruguai e Planalto Médio gaúcho.


Visão

Ser reconhecida através do cooperativismo e da solidariedade como uma alternativa de saúde suplementar diferenciada para o Sócio.


Valores

Transparência, cooperação, solidariedade, igualdade, segurança, ética, coerência, participação, união, assistência, esperança, respeito as normas da cooperativa.

Pontos da Filosofia da Coopusaúde


  1. Manter através dos Planos de Saúde da Cooperativa, um sistema de saúde a preço de custo, garantindo que 85% do valor arrecadado mensalmente com as contribuições dos Sócios, relativas aos seus respectivos Planos de Saúde e de seus dependentes, sejam destinados ao pagamento dos prestadores de serviços de saúde;
  2. Não possuir serviços próprios de saúde, adquirindo dos prestadores especializados todos os serviços necessários;
  3. Pagar o preço justo pelo serviço de saúde adquirido, utilizando tabelas oficiais do Ministério da Saúde ou Associação Médica Brasileira, ou, ainda, tabelas próprias devidamente negociadas com os prestadores de serviços, nunca os prejudicando e nem permitindo prejuízo ou oneração à Cooperativa;
  4. Manter a isenção política e religiosa da Cooperativa;
  5. Manter a transparência e a honestidade em todos os atos da Cooperativa;
  6. Promover o Cooperativismo de acordo com os preceitos éticos, princípios e filosofia do Cooperativismo;
  7. Respeitar e seguir a legislação vigente, o Estatuto Social e as deliberações das Assembleias Gerais.